07 janeiro 2016

O que eu aprendi com o Snapchat

Créditos: Daqui

Não é segredo pra ninguém que a vida da maioria das pessoas nas redes sociais está quase sempre encapada com os filtros mais bonitos possíveis. Não me surpreendi com o desabafo da modelo Essena O'Neil. Por mais comovente e curioso que tenha sido, eu já sabia de tudo aquilo. E sabia porque eu faço a mesma coisa. Não nas devidas proporções, é claro, já que não sou modelo, não tenho contratos assinados com grandes marcas, muito menos a obrigação de parecer perfeita o tempo todo. Mas eu também arrumo meu cabelo antes de tirar uma selfie, procuro um bg bacana pra gravar meus vídeos, arrumo minha escrivaninha antes de tirar uma foto. Quem não faz isso?

A nossa realidade é dura demais pra gente ir lá no Facebook e escancará-la. Já a realidade do outro é maravilhosa demais e, por isso, merece ser exposta e idolatrada. Certo? Errado. Às vezes a gente esquece que os outros são exatamente como nós, e não é por que eles têm uma casa mais bonita ou gadgets super caros que se tornam pessoas melhores. Se temos as nossas dificuldades, por que os outros não podem ter? Eu acho que o problema está justamente nas palmas que a gente bate pra vida alheia, achando que algumas pessoas realmente vivem dentro do filtro Valencia. Do mesmo jeito que você faz um carão pra tirar uma selfie, Fulana de Tal, atriz/modelo/blogueira também faz. E assim que o flash é disparado e a foto postada, ela também tem uma fila de supermercado pra enfrentar, problemas de banco pra resolver, espinhas na cara pra espremer.

O que me impressona é que muita gente não acredita nisso, realmente acha que algumas pessoas vivem de fato uma vida perfeita, sem dores de cabeça e problemas pra resolver. Até a Sandy, com aquela cara, já cantou que também vai ao banheiro. E você aí achando que sua blogueira preferida não solta um pum. Mas solta, tá? E pode viver bem distante dessa bolha de unicórnios que você acha que ela vive. Como eu sei disso? Instalei no meu celular um aplicativo chamado Snapchat e me surpreendi.

Eu e o Snapchat fomos apresentados há uns meses, e depois de levar uma surra pra aprender a usar aquilo (e devo confessar que ainda não sei tudo), fiquei bem impressionada com o seu poder. Apesar dos polêmicos nudes, esse app é bem interessante, já que mostra o outro lado da moeda. Foi justamente por causa dele que eu desconstruí vários preconceitos bobos. Agora eu consigo me identificar com pessoas as quais eu achava jamais sentir qualquer tipo de simpatia, porque eu consigo enxergá-las iguais a mim.

No Snap eu vejo gente remelenta, descabelada, descalça, preguiçosa, desarrumada, largada, suada, bêbada, tomando sorvete no posto de gasolina (sigam a @letxyy, por favor) e mais um monte de coisa que eu faço, você faz, todo mundo faz, mas não podemos mostrar nas outras redes sociais. Questão de decoro. Nem vem me dizer que tal rede foi feita pra tal coisa e a outra pra outra coisa, porque quem abre a conta é você e você faz o que quiser dela. O negócio é que nós mesmos criamos as "regras" das redes e mostrar a remela no instagram é inadmissível, lá só é permitido fotos quadradas de céus azuis, roupas da Kate Spade e ambientes totalmente brancos.

Daí o ode a perfeição e a estranheza ao normal. No Snap o normal é bacana, inspira e nos torna mais próximos uns dos outros. É claro que eu comecei a seguir inúmeras pessoas e logo excluí, pois, como já disse, a conta é de cada um e cada uma faz o que bem entende com ela. Não me identifiquei com muita gente e preferi passar. Já outras se mostraram pessoas tão normais quanto eu, pessoas bacanas que fazem coisas tão bobas quanto eu. E é uma delícia saber que, por trás dos holofotes, somos todos iguais.

Bom, eu aprendi com o Snapchat que se a primeira impressão é a que fica, a segunda é a que importa.
Onde foi, onde foi / A última vez que você se deixou / Livre, sem se retocar / Sem se Instagramear            [Sol que me faltava - Tiago Iorc]


Ah, e me sigam no Snap, né... Tô lá como @srtamariany. E vocês, também utilizam o app? Coloca o @ no comentários ;)

12 comentários:

  1. Tive essa mesma percepção quando comecei a usar o snapchat. As pessoas eram mais reais ali, e também me surpreendi bastante! Não tenho muita paciencia pro aplicativo, então sigo muito pouca gente, mas a realidade bate muito mais ali que no instagram sem a menor dúvida! Inclusive a minha! uahuha Mas muito bom ver isso de vez em quando.
    Bjs
    www.marialowen.com
    Ps: que diabos de app confuso! Demorei muito pra entender tbm!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, Maria, o app é beem confuso mesmo. Apanhei pra caramba também. Mas dê uma chance pra ele, você vai acabar amando <3

      Excluir
  2. Oi Mari, tudo bem?
    Muito bacana sua abordagem sobre redes sociais... e, mais precisamente sobre o snapchat, que peguei um gosto grandioso depois que "aprendi" a usar.
    Não que eu poste muita coisa, mas gosto justamente pelo motivo que você disse: muita realidade! Tem bloggers (não consigo acostumar com o termo 'blogueira', rs) que sigo em outras redes sociais mas só fui me apaixonar por algumas quando comecei a segui-las no snap.
    Vou te adicionar lá (ou seguir?), o meu é @larissa_amr.

    Beijos, Mari!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, Larissa. Tinha um preconceito besta com alguns blogueiros e depois que os vi no snap, percebi que são gente como a gente. Por isso eu amo esse app. Vou te seguir lá, com certeza <3

      Excluir
  3. Ameeeeeeeeeeeeeeeeeei. Adoro o snap. É a melhor rede social ever. hahahahahaha.. eu só não posto como eu sou de fato por conta da peruca... daí tem momentos que não dá pra gravar a cara, mas assim que voltar pro meu cabelo, cê vai ver a quantidade de espinhas que rondam pela minha face kkkkkkkkkkkkkkk... Eu gosto muito do snap da minha blogueira de moda favorita, a Géssica Flores. Ela é toda diva no insta mas no snap mostra a cara suada da academia, e até fazendo prancha e jogando praga dizendo que tá morrendo kkkkkkkkkk me acabo de rir!!!

    Um beijoooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito legal quando alguém que a gente gosta se despe dos filtros e lentes bacanas das outras redes sociais e se mostram pessoas tão normais quanto nós, né?

      Excluir
  4. Eu me senti do mesmo jeito depois que comecei a usar mais o snap! Hoje é minha rede social (chega a ser uma rede social?) preferida, inclusive sou dessas chatas que posta cada segundo do dia hahaha o meu é @carolrodriguesx
    Vou te adicionar lá!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito legal mesmo. Apesar de não postar muito, sou viciada. Vou te seguir lá.

      Excluir
  5. Ainda não fui apresentada ao snap haha. Baixei uma vez, tomei uma surra dele e exclui em seguida. Agora, talvez, eu me esforce mais para a próxima tentativa. Depois desse seu texto tão realista e convidativo ao mesmo tempo.
    Por enquanto só tenho um insta @vivendo1vida e um blog, mas o blog é bem simples. Estou aprendendo a usar desde que precisei de um para explicar um pouquinho mais sobre algumas coisas que acontecem comigo.
    Beijos...
    Jôze Paiva
    jozepaiva.blogspot.com
    @vivendo1vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana, Jôze, vou te fazer uma visita ;) Quanto ao Snap, tenta de novo, é muito legal!

      Excluir
  6. Hey, Mary!
    Não, eu não uso Snap. Meu celular é muito limitado. Tem uma memória tão pequena, que mal roda o WhatsApp, Facebook Lite e Instagram. Sim, é uma desgraça.
    Tudo o que você falou sobre a maioria esmagadora se importar em se mostrar perfeito é verdade. É um saco isso, né?
    Eu amo fotografias, de verdade, e é um colírio pra os meus olhos ver uma foto de alguém/algo com um filtro bacana. Mas não fico, nem por um segundo, achando que a vida daquele ser do outro lado da tela é mais foda do que a minha. Apenas acho que ele acertou o ângulo, escolheu um bom filtro e tem uma câmera foda.
    Pior coisa é a galera se iludir achando que um ser é tão foda, mas tão foda, que nem caga. Claro que caga, e merda fede igual. Ok, essa parte do comentário foi nojenta. Espero que você não esteja comendo quando ler esse comentário, hahaha.

    Enfim, essa internet de meus deus, sempre com seus prós e contras!
    Beijo!

    Blog || Fan Page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faço votos para que em 2016 a senhorita ganhe/compre um celular novo e arrase no Snap. Só digo isso. =D

      Excluir

Mariany Gomes © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.