Chega do mimimi... dos outros

by - fevereiro 05, 2014

Imagem: Adaptado da Revista Vida Simples

Se tem uma coisa que me irrita bastante e que eu pretendo me livrar em 2014 e pelo resto da minha vida é do mimimi alheio. “Ai, como eu tô gorda”, “Ai, como eu sou feia”, “Ai, como eu sou pobre”. Chega! Não aguento mais tanta falta de argumento desse povo. Claro que eu também sou uma das rainhas do mimimi, mas já que pretendo abolir essa prática da minha vida, não mais aceitarei o discurso sonso dos outros. 

Posso bater no peito e afirmar que todos os meus mimimis são brincadeiras bobas, que falo somente pra irritar, não pra chamar atenção ou ganhar elogios. Diferente de 99,9% das falas alheias. A maioria das pessoas que optam por esses discursos sem graça, faz somente para receber aplausos. E bom, eu não tô aqui pra isso, né neném... Quem vem com frescura de dizer que tá gorda, pesa uns 45kg. Quem vive dizendo que é feia, anda muito bem obrigada com o espelho. Quem mimimiza muito que é pobre, vive de check-in no Forsquare: shopping, restaurante, lojas. Quem é pobre não janta, todos os dias, num restaurante diferente, filho. Ai, que saco!

Por essas e outras, não mais darei atenção às frescuras de gente sem noção. Pode morrer de dizer que tá gordo, feio, pobre ou mais alguma coisa que eu sei que você não é, do meu lado, porque receberá de volta um olhar daqueles bem blasés ou a completa indiferença. A mudança total de assunto, sabe? Pois é. Esse negócio de “Não, menina, tu tá magérrima” e o ego da pessoa ultrapassar a camada de ozônio, não mais me pertence. Quem quiser que vá despejar frescuras em outros ouvidos, os meus não são pinicos.

Outra coisa que talvez se encaixe nessa história de mimimi é a insistência do povo em dizer o preço das coisas que compra só pra mostrar que “pode”. Puta merda! E me interessa que tu comprou um tênis de 600 reais, porra? Tá rasgando dinheiro, se interna num hospício. Se a sua intenção é me fazer sentir inferior, vai cair do cavalo, amigx. Que coisa chata e fresca ficar contando vantagem em tudo, até quando parcela em 10 mil vezes uma coisa no cartão de crédito. Sim, definitivamente, isso se encaixa em mimimi. Como também a idolatria (tem um ou dois produtos ¬¬) por uma marca cara, só pra mostrar aos outros o quão descolado, ryco e “”””””””””superior”””””””” é.

Pra vocês, ó


Imagens: Tumblr (via Blogueira Shame)



You May Also Like

3 comentários

  1. E o mais engraçado (e um tanto ridículo) é que, no final, somos todos mimizentos.
    Um faz mimimi, outro se irrita e expressa seu mimizar. E assim a ciranda roda.

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  2. é isso realmente irrita
    seguindo teu blog retribui?
    www.portaldebeleza.com

    ResponderExcluir
  3. meu joker é o "é... bem chato isso..."

    "- Ai como tô gordaaaaa !
    - é... bem chato isso..."

    "- Ai como tô pobre !
    - é... bem chato isso..."

    "-Ai ninguém me ama !
    -é... bem chato isso..."

    Na cara de pau e sem acrescentar nada, geralmente o mimimi fica por isso mesmo.
    Acabei de descobrir teu blog e tô amando muito !

    Jessica

    ResponderExcluir