Eu não vou te seguir de volta

by - janeiro 23, 2014


Sinceramente eu não me lembro se lá pelo ano de 2006, quando adentrei nesse mundo blogosferal (na verdade acompanho blogs desde 2003, mas fiz o meu em 2006), a quantidade de gente que me pedia pra “seguir de volta” era tamanha quanto é agora. Eu acredito que não, já que naquela época o Facebook ainda engatinhava, o Orkut não tinha essa opção e o ego das pessoas não era tão inflamado. Éramos felizes e não sabíamos.

Participo de vários grupos de divulgação de links no Facebook e quase sempre, quando deposito o link da minha nova postagem por lá, vem alguém nos comentários e diz “Seu blog é lindo, tô te seguindo. Segue de volta?”. Ou “Tô seguindo, faz o mesmo?”. Ou pior, escrevo um texto sobre a quantidade de mortos na segunda guerra mundial e recebo o comentário “Te achei no blog de fulano, que layout liiiiiiiindo, te seguindo. Ah, tá aqui meu blog, segue?”. NÃO, NÃO E NÃÃÃÃÃOOOOO! Eu não vou te seguir de volta.

Partindo do pressuposto de que, nesse mundo de followers, a gente só segue uma coisa que nos interessa, me expliquem por que essas pessoas fazem isso? Mendigam um seguidor como se a quantidade de visitantes fosse mais importante que a de leitores. Particularmente eu acho isso uma puta falta de respeito. Eu jamais visitarei um blog para pedir seguidores, quando sei que aquela pessoa se dedicou pelo menos 5 minutos do seu tempo para construir um post, na esperança de que alguém o leia. Não tenho blog por causa dos seguidores, mas porque eu gosto de escrever, desabafar sobre assuntos diversos, dar dicas disso e daquilo. A quantidade de visitantes e seguidores é consequência do meu trabalho. Aliás, é consequência da afinidade que as pessoas tem para com ele.

Meu blog tem pouco mais de 100 seguidores. É pouquíssimo, eu sei, mas tudo bem. Eu não sou uma blogueira comercial, não posto looks do dia, vídeos de comprinhas, tutoriais de maquiagem, resenhas de livros de parcerias com editoras. Não estou dizendo que fazer essas coisas é errado e que “eu sou rebelde” e vou contra essa cultura. Ainda não achei interessante colocar esse tipo de conteúdo no meu blog, apenas. No dia que eu achar que devo, estará lá sem nenhum problema. Talvez as pessoas se identifiquem mais com este tipo de conteúdo e eu comece a ganhar mais visibilidade. Enquanto isso não acontece, vou postando textos imensos (para o “padrão” atual) e escrevendo sobre o que dá na telha. Está claro que o tipo postagem que faço agora não atrai muitos leitores/comentários/seguidores, mas é o que eu gosto de fazer no momento. E se isso não faz de mim uma nova garota estúpida (!), não tem problema, sou defensora da liberdade de poder fazer o que lhe dá mais prazer.

Quando você visita um blog e escolhe a primeira postagem para implorar uma curtida, saiba que os 30 segundos que você passou admirando o layout e mendigando um like, não paga as duas horas que o autor passou para construir o post. Poxa, custa nada ler? Se custar, clica no “x” no canto direito da tela (para Windows - para Mac, canto esquerdo) e vai embora, pô. Não desvalorize o trabalho de quem está construindo conteúdo para desabafar, para ajudar outras pessoas, para se divertir. A postagem sempre tem um propósito e não é para suplicar por seguidores.

Tem gente que faz propaganda do seu blog de maneira inteligente. Como? Colocando no final do PRÓPRIO post os links para curtir e compartilhar nas redes sociais; pedindo para se inscrever no canal do YouTube ao final do PRÓPRIO vídeo; entrando em grupos de divulgação no Facebook; cadastrando o site em portais de divulgação. E o mais importante: construindo conteúdo relevante para o público que você deseja atingir. Se o seu objetivo é se tornar um blogueiro famoso e ryco, não é implorando por seguidores que você vai conseguir, mas postando coisas que realmente interessem aquele determinado público. Inspire-se! Tem tanto blog famoso e ryco por aí, dá um revirada nos primeiros posts deles, presta atenção como que os blogueiros começaram. Ninguém começa já famoso, ninguém ganha 100 mil seguidores do dia pra noite.

Ah, esqueci de dizer uma coisa muito importante. Se você quer mesmo ter seguidores e leitores fiéis, RESPEITE os mesmoS. Dê valor para o trabalho deles também. Gostou do blog? Leia uma postagem. Gostou da postagem e quer comentar? Seja coerente com o conteúdo do blog e da postagem, não peça pra te seguir de volta. Se a pessoa gostar do seu comentário, ela vai lá te visitar e só vai te seguir de volta se o seu conteúdo for interessante pra ela. Não espere agradar gregos e troianos, não seja egoísta. Nós somos diferentes e curtimos coisas diferentes, respeite isso e não tente enfiar o seu conteúdo goela abaixo.

É isso.

You May Also Like

12 comentários

  1. Um viva para o celular que roubou meu comentário :(

    Enfim. Menina! Que texto do caramba! De fato em 2006 não tinha essa putaria aí não. As pessoas liam e comentavam, opinaram, mandavam recado. Era coisa linda! Não é a toa que existe o #voltamundoblogueiro.

    O que falta, além de respeito, é simancol.

    Adorei o texto. (Me segue?)

    ResponderExcluir
  2. Eu li tudo, e li de novo, e de novo. Porque, na boa mesmo, você tem muita razão. Eu tive a infeliz ideia de postar tutorial no meu blog, foi impressionante como apareceu gente falando isso mesmo, mendigando seguidores, e é muito chato.

    Da tanta raiva que você acaba nem visitando o blog (pode ate ser um blog interessante) da pessoa que pediu seu follow. E muitas vezes você percebe que a pessoa, nem conseguiu gastar 5 minutos lendo o que você escreveuu cara, fico tipo " WAT?!"
    AH que raivaa, hahaha, parabéns pela postagem!

    Bjão!

    ResponderExcluir
  3. Que texto! Gosto daqui porque você sempre dá "a cara a tapa". E não , não vou pedir para me seguir de volta rsrs

    ResponderExcluir
  4. Postagem maravilhosa, parabéns! Eu acabei de entrar nesse mundo blogueiro e essas pessoas nos grupos de divulgação já me irritaram muito também. Mas continue ignorando e fazendo o que você quiser, seu blog é excelente e sua escrita é invejável!

    ResponderExcluir
  5. Arrasou no texto. Entrei aqui por enquanto enquanto passeava pelos blogs do Rotaroots e adorei de cara, só por ter a atitude pra falar de um assunto desses.
    Esse negócio de "segue de volta?" é um saco mesmo. Mas eu apenas ignoro.

    Criei meu blog justamente pensando nisso aí que você falou, querer passar uma mensagem, compartilhar coisas do meu interesse. Números são só números, o que importa mesmo é quando a pessoa se diverte, se emociona e/ou se interessa pelo assunto que você tá tratando. :)

    ResponderExcluir
  6. Me segue de volta Mari?! HAHAHAHAHAHAHAHAH :P

    É isso mesmo. Brilhante texto e morri de rir com a foto lá em cima (não lembro o nome específico que dão pra essas imagens que se mexem.. E, pelo que percebo, não é só o "segue de volta" mas o "que lindo seu texto". Puf, pronto, só isso e nada além. Se tivesse escrito num papelzinho, seria aquele momento em que a gente procuraria nas outras folhas, ver se a pessoa não escreveu mais nada em outro lugar... Lógico que a pessoa não leu. Lógico que a pessoa nem se importou...

    É por isso que eu demoro para comentar blogs. Porque gosto de ler a postagem. Passar um tempo lendo os comentários referente à postagem. Acho sensacional o que umas pessoas falam sobre o texto. Às vezes me inspiram a escrever também. E, como isso requer tempo, e um bom tempo, infelizmente não dá pra fazer com uma frequência muito boa.

    E se o blog for mesmo bom, é que nem produto bom que se vende sozinho. Você vai ter seguidores sem nem abrir a boca ou usar o dedo pra teclar..

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Acabei de entrar no seu blog pela primeira vez e estou comentando nele pra dizer que seu blog é lindo, me segue? #brincadeira.
    Falou tudo! Devo ser das poucas pessoas que recebe desses comentários de "que lindooo, vou seguir, segue de volta?", mas deve ser porque meu blog não tem conteúdo forçado (um tema específico ou fazer propaganda do verniz que usei durante a semana) e sim posts que me apetecem escrever sobre coisas que gosto e que façam parte da minha vida (mesmo que sem sentido), ou então o aviso que coloquei lá nos comentários de "Antes de comentar, por favor leia pelo menos parte do post." mete medo XD. Jamais faço isso de passar num blog e pedir desesperadamente para me seguir/linkar, só se for parcerias, e mesmo assim comento primeiro o post (se a parceria for por comentário), acho isso uma falta de respeito perante o autor do blog, já que ele perdeu boa parde do seu tempo a escrever, pesquisar (quando é necessário) e cuidar das imagens. E para além de ler o post de blogs aleatórios (caso me identifique), ainda dou uma olhada nos comentários (não pra cuscar, mas gosto de ler opiniões sobre o que foi escrito) e, neste caso, concordo com a opinião de todas (caramba, tbm entrei aqui pelo Rotaroots XD). Mas sim, entre 2006-2009 (ou outro ano qualquer, não me lembro) os blogueiros preocupavam-se mais em ler os posts, falar detalhadamente do "novo lay" e não se ficar pelo "que lindooo", acabando por dar dicas bastante úteis ajudando, dessa forma, a evoluir o blog do outro, havia mais convívio e tratava-se os outros por "pessoas", mesmo não sabendo o nome verdadeiro. Agora é parceiros para aqui, seguidores para acolá.

    http://perle-n.tk (estou deixando o url, caso queira me visitar, pois meu blog principal não é do blogger)

    ResponderExcluir
  8. Super concordo com vc e assino embaixo do seu post...rsrs
    Detesto quando passam no meu blog e comentam: "to seguindo, me segue de volta!"
    Aff, tem gente que tem a cara de pau, de apenas comentar isso! Talvez nem tenha lido o meu post, ou se leu, não comentou nada a respeito. É bem tudo isso que vc falou mesmo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Adorei o post principalmente porque me identifico muito com o que você escreveu. Não respondo comentários só pedindo para seguir, ou que não demonstraram ter lido o post. No meu blog por enquanto nem coloquei a área de seguidores.. Também optei por não postar, pelo menos no momento, posts muito comerciais, inclusive criei o blog para poder ser mais pessoal e compartilhar experiências. E com certeza "fama" se constrói e não se implora. beijos!

    ResponderExcluir
  10. Po, gostei! Onde eu assino? Eu sempre deleto esses comentários, mas até que lá no blog nem tem tanto. Pena que muitas das minhas leitoras não tem blog, daí eu me sinto meio mal de não retribuir de alguma forma o carinho sabe?
    Beijão!

    ResponderExcluir
  11. Suas postagens são boas e bem gratificantes , um pouco ousada mais segura você e o tipo de blogueira que devemos ver hoje em dia no auge da sociedade se não seria incomodo por favor seguir o meu blogger por favor , vc não seria tão baixa de não ter mais um seguidor em sua pagina , né ?

    ResponderExcluir
  12. Nossa acabei de comentar no post do "mimimi" e o ultimo comentario que tinha la era justamente um desse tipo. Pensei "pôxa que chato isso" e quando volto aos posts e dou scrolldown vejo esse post aqui ahahah ! Agora estou até em duvida se a menina estava sendo irônica...
    Beijos !

    ResponderExcluir