21 setembro 2013

Qual é o meu talento?


Que dom você gostaria de ter? Eu, sem pestanejar, te digo que se pudesse escolher um entre todos, seria o dom da música. Eu sempre, sempre, sempre sonhei em ser cantora, tocar vários instrumentos e compor canções que despertassem algo bom nas pessoas. Esse seria o meu talento, caso, antes de nascer, a gente pudesse responder um questionário de "Como você gostaria de viver sua vida?".

Infelizmente não é assim que funciona e eu não sei cantar uma nota sequer. Nem tocar violão (*-*). Nem guitarra (*---*). Nem piano (*---------*). Nem tocar a vida eu tô conseguindo direito. Muitas vezes me sinto perdida, sem saber ao certo o que fazer da minha vida, já que não sei fazer nada. Não sei cozinhar, não sei dançar, não sei pintar, não sei desenhar, não sei cantar, não sei tocar nenhum instrumento. Parece que estou o tempo todo perdendo tempo por não saber qual o meu verdadeiro talento.

Tá, eu gosto de escrever, gosto muito de escrever, mas isso nem de muito longe faz de mim uma escritora. E pra te falar a verdade não sei se quero ser escritora. Até estão guardados na minha mente um romance pra um livro e um roteiro de uma série, mas eu nem vou começar a escrever porque sei que não dará certo. Esse não parece ser o meu dom. E mesmo que fosse, quem gostaria de ler algo meu? Nem um blog eu consigo sustentar direito, quem dirá um livro ou uma série de TV. Talvez se eu tivesse uma voz legal e um violão preto, pudesse compor músicas bacanas e cantar pra um punhadinho de gente num bar, o livro e a série já estivessem no papel. Porque eu acho que quando a gente faz o que gosta, a gente só quer fazer o que gosta. Sem parar. Ainda pretendo ser redatora e trabalhar com todo o encanto das palavras, mas ver meu nome nas prateleiras das livrarias ou nos créditos da abertura de uma série de TV chega a ser engraçado.

Acho que nasci no corpo certo (não, eu poderia ter nascido a Megan Fox), mas com as características artísticas erradas. Ou melhor, sem característica artística alguma. Eu quero muito cantar, mas não sei cantar e não acho que 10 horas de aulas de canto por dia fará de mim uma cantora. Quem nasceu pra ser Anitta, nunca será Sandy. Se eu não nasci cantarolando com uma escova na mão, não vou acordar amanhã com a voz mais afinada do mundo. O que é uma pena, já que era o que eu mais queria em toda minha vida.

Bom, já que não posso fazer o impossível possível, vou perdendo meu tempo tentando encontrar um talento que se adapte a minha personalidade. Se é que ele existe. Vai que, quando você ligar a televisão daqui há uns anos, estará escrito em letras garrafais "Roteiro: Mariany Gomes". Ah, e não estarei só no roteiro, mas em cena também. Claro, se a protagonista da minha série é uma nordestina, quem melhor que eu para interpretá-la?

Será que é isso que eu tenho que fazer? Peraí que vou ali adicionar à minha lista de possíveis talentos: "Atriz".

Sim, comprei um violão. Sim, ele é preto. E não, isso não é o pontapé inicial para a minha carreira de cantora. É só um violão. Preto ♥

6 comentários:

  1. Queria muito saber cantar, seria mais feliz se eu pudesse ser uma cantora de sucesso ♥♥♥
    Quanto ao seu talento de escrever: larga de besteira e bota esse livro e essa série no papel que eu não tenho duvidas de que bombará, você escreve muito bem sim senhorita!!!!

    http://denovomaisumavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de saber tanta coisa! Ser autodidata!
    Faço arquitetura na cara de pau, pois não sei desenhar nada que preste.
    E escrever, nem é talento pra mim, é só um hobby. Então, me lasquei. Sou uma sem talento. hahahahaha

    ResponderExcluir
  3. Eu também adoraria ter o dom da música.
    Já tentei aprender a tocar violão mas não tive paciência e habilidade, acho que desafino até tocando campainha rs.
    Gostei do blog, passarei a seguir para acompanhar sempre.
    Bjos

    http://reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. O que eu digo é: faça o que quiser fazer. Não pense nos "e ses" da vida. Pense no que você quer. Tenha confiança em você. Não comece algo achando que já vai dar errado. Ou, até mesmo, não hesite em começar algo por medo de que não dará certo.
    Isso soou bem autoajuda, mas é verdade, moça.
    Faça o que quiser. Não busque talentos em você. Defina o que te dá prazer e o que te faz feliz e pratique tais coisas. Em algo você se dará bem. É só acreditar e trabalhar em prol do seu objetivo.

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  5. Acho que o talento está em procurar o próprio talento e fazer acontecer o que lhe parece bom. Sendo assim, espero pelo seu roteiro ansiosamente!

    ResponderExcluir
  6. nao tenho talento nenhum eu queria fazer origame mas nao cosigo sou sem talento

    ResponderExcluir

Mariany Gomes © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.